Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2011

twittado e postado

Você precisa arrumar alguns momentos pra que tudo dê certo.  Você precisa, às vezes, ficar em dúvida se a vida é mesmo tão maravilhosa.
Não temos grama, grana, gana ou pijama listrado de algodão.  Não temos nada, somos o calor do sangue que ama, 
alma alegre do rosto que ri.
Repolhos me contaram causos. 
Estórias flatulentas em que a Salada era vilã.

Maria da Graça

o que tu queres que eu diga se não te bastas o que justifico? cheio de ânsia e de alma mendiga sou pedinte de um abrigo no teu seio. o que me pedes que não possuo, o que desejas que não posso buscar, quiçá dois brincos e um colar?
Namoravam, ele era Plodo. Terminaram, hoje  EX PLODO!

Nau

A curva caótica dos meus desejos exóticos, desperta um flerte alegre de sapatos de salto pisarem o assoalho lustroso da minha imaginação. Uma orquídea, pendure-a ali. São os cactos que florescem nessa época. Gráfico de lapsos emocionais requer análise de dados cartográficos no mapa do meu tórax. Jogar a âncora e içar as velas, chegar à praia e não comer peixe. Navegar sem ser pirata.

texto adiposo do desânimo

Quanta urgência, quanta pressa pra tudo que se faz, nem bem se conclui algo, outra coisa já nos preocupa o relógio. Quanta cretinice das pessoas que nunca se satisfazem ou contentam, por isso mesmo que tenho me sentido meio vagabundo, com vontade de ser gordo e calmo. Deve ser difícil me imaginar gordo, eu sei, e aquela piada de eu ser magro já conheço também, mas me referia a uma gordura de inércia, um estar alienado cumprindo somente as necessidades fisiológicas básicas sem gasto excessivo de energia. Ainda não havia comentado a respeito disso com ninguém, alguns amigos diriam que eu deveria tomar cuidado pra não ser enquadrado em molduras de depressivo, mas que sempre aparentei ser meio estranho, ou que eu precisaria de um videogame e bastantes industrializados para angariar tecido gorduroso com ócio, além de abrir mão do sexo, subir escadas e toda essa coisa que estaria partindo pra uma definição muito sacrificante. Mas pensar nisso também me cansa, qualquer coisa já me da sono e …