Equalizer

Picadinho: salame, queijo, pepino e pão. Claro que eu sou confessional, acho que é isso mesmo que me afugenta pra longe da praxe mecânica das coisas. Se eu escrevesse e vivesse feito um robô eu teria tornado isso meu ofício financeiro, mas não, escrevo as safras da vida, fartas ou meio fracas, isso que importa. Até cheguei a pensar que quem realmente vive com intensidade não teria tempo pra esse tipo de coisa, bobagem! Daí sim que fica necessário não desconectar de si próprio: conservar o melhor de nós que tanto se perde sem querer.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O déspota solitário de Tallinn

Sal