We're better together

Foi com a saudade que mensurei
a vontade de ter perto.
Conheci meu deserto,
minha fuga pouco estratégica
de admitir que fazia falta
teu perfume, teu riso,
tua roupa combinando a minha.

Amante menos esperto e mais calhorda,
acerta o pulo quando te chama,
dispensa discórdia quando te ama.
Sou trem de freio curto,
atropelando meu sonho surdo
que surdindo espia teu jeito novo
de fazer ter cor e som
o espetáculo de espíritos anis.

Oferece tua vergonha de dizer
à língua de verbo frouxo,
deixa tua substância concentrada
dispersar a minha inconstância
armada de afeto, e faminta de ti.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O déspota solitário de Tallinn

Sal