Glaucia Sognante - A metáfora.


Sonho é feito cadeira de balanço, que te leva para um lado e outro, um embalo morno que termina quando cai a xícara quebrando a ilusão que se tinha daquele ser melhor que a realidade da vida. Marco no marco uma meta e meta adentro sem dó, até ver completo o tubo de ensaio do teatro químico que há entre nós. De ti vem a combustão que tenho, uma inspiração que desenho em um quadro de letras grandes três palavras que ainda não disse: EU TEnho AMOras no quintal da minha casa, bem no fundo uma árvore vistosa e você sente o mesmo por mim quando experimenta este fruto.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O déspota solitário de Tallinn