-


Maria pensa:

Ah, deixa.

Deixa o que Maria?

Deixe que me esqueça.

Maria, só amanhã.


Comentários

Postar um comentário

E tenha o teu dito a contribuição que preciso.

Postagens mais visitadas deste blog

O déspota solitário de Tallinn