Mau estado de estar


Dias nublados
No jardim da minha casa.

Dias que faço

Ingestão de pedaços,

Arrancados quando
da passagem próxima,
de nuvens tempestuosas.
Dias que passam
Pela janela da minha sala,
De estar. Mal-estar.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

UM eu NÓS

O déspota solitário de Tallinn

Licença poética.