Por Passar


Vendo pelo escuro dos óculos
Sim, faz Sol no paraíso!
Levo guarda-chuva,
Sim, Chuva e Sol!
E sou só eu na Rua
Desdobrando as esquinas do arco-íris,
Enquanto os outros escondem-se
Na loja de souvenir
do seu Severino.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O déspota solitário de Tallinn

Sal