Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2008

Às Crianças do Planeta Besouro

Imagem
Ele vende sonhos, todas as tardes por enquanto, mas depois será nos dois turnos diurnos. Nesse tempo veio a perceber que as pessoas não vivem COM pessoas, mas apenas TRATAM com pessoas, percebeu também que os mais desprovidos de recursos financeiros são os donos do paraíso e que as crianças ficam cada vez mais cedo retraídas e limitadas, são temerosas de falarem algo que não devem, de pensarem algo que não devem, e, a ele estendiam, sorrindo, uma máscara de falsidade para serem apenas, e apenas, o que devem ser. Há outros que não são tão inertes, privilegiados, aqueles de distúrbio metabólico cerebral ou, especificamente, os com Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH), estes curados a terapia e princípio ativo Metilfenidato. Mas que bela porcaria, existe um MUNDO inteiro pra ser encontrado e compilado e todos somente importam-se em acrescentar à sua mesquinhez.Povo, o que querem escondidos nessa carapaça camuflada? Libertem, deixe que flua o sabor das coisas, que grit…

Da Alma Mundana

Recolhe minha alma perdidaE guarda num saco de sarjaCom algumas batatas apodrecidas.Alma pirata, cega de olho e perna de pauBandida, armada e fugida!Quidê a safada?


O Sacrifício Confuso

Imagem
Não faço a mínima idéia do que estou fazendo
É uma aposta cega, salgada e fisiologicamente perfeita.
Jogo pelo impulso, pela crença, pela falta de opção
Cedendo à manipulação do destino pelo alheio.

Completamente perdido no espaço construído
Sem idéia de correr, furtar a comodidade ou fugir do ilusório.
Sinto-me como uma bananeira Latina carregada
Sendo cortada ao meio por um objeto curvilíneo
Para suprir as necessidades de um povo superior.

Até o último momento insisto nesse posicionamento:
A instabilidade maléfica e juvenil para com os meios de sentimento.
Eu não escolho nem incito minha massa cinzenta a queimar em idéias
Eu permaneço como o sol escaldante de fevereiro nas costas do pintor.
Chuto com recalco a pedrinha corajosa que atravessa meu caminho
Sou de todo abstinência de ação, imóvel, tácito.

Anuncio que, se eu danço conforme a música, só posso estar manco
Pra cair estrunchado e tonto lambendo o chão empoeirado
Ou talvez esteja surdo pr’este compassado tango argentino
Falta-me jogo de quadr…

No Jardim Chinês

Imagem
Já ouviste, por acaso,
A expressão: Efeito Borboleta?
- O que fizerdes agora
Em algum outro lugar,
Dar-se-á numa conseqüência.
Mas, a Protagonista ignora
Abre, então, as asas longamente e
Do meu obro vai-se
A atrevida colorida.


Por Passar

Vendo pelo escuro dos óculos
Sim, faz Sol no paraíso!
Levo guarda-chuva,
Sim, Chuva e Sol!
E sou só eu na Rua
Desdobrando as esquinas do arco-íris,
Enquanto os outros escondem-se
Na loja de souvenir
do seu Severino.