Poema Abobado



Antonieta Maria, filha de Paulo
Irmão de Afonso
Neto do Congo Africano.
Carroça sem roda,
Furo na bota de Severino
que entrou na estória comigo,
Cunhado!



(à colega Cláudia Gisch, de especial participação)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Licença poética.

O déspota solitário de Tallinn